Por dentro das Disfunções Urinárias

Alguns alimentos podem prejudicar o funcionamento da bexiga

Em qualquer situação que vise o bom cuidado com a saúde a alimentação é fator determinante para se alcançar os melhores resultados. Quando uma doença está instalada, esta condição se torna ainda mais importante. No caso de pessoas que sofrem de disfunções do trato urinário isso não é diferente, uma vez que alimentos que contenham irritantes vesicais aumentam ou intensificam os sintomas da bexiga hiperativa resultando em aumento do número de micções e dificuldade de controlar a vontade de urinar.

Dr. Flavio Trigo Rocha (CRM SP-51782), Professor Livre Docente de Urologia na Faculdade de Medicina da USP, exemplifica alguns destes alimentos ou ingredientes presentes em produtos como os compostos de cafeína, chocolate, pimenta, condimentos artificiais, bebidas alcoólicas, chá preto, chá-mate, refrigerantes, frutas cítricas, entre outros.

O médico orienta, no entanto, que mais que excluir totalmente estes produtos da dieta é preciso saber equilibrá-los nas refeições diárias. Há também a possibilidade de algumas substituições, como no caso do café pelo tipo descafeinado. Ele também explica que embora os exemplos citados sejam considerados potencializadores dos sintomas das disfunções urinárias é preciso que cada indivíduo verifique aqueles mais prejudiciais a ele pois cada organismo pode reagir de forma diferente a determinados tipos de irritantes vesicais.

Se a vontade de consumir algum alimento da lista dos irritantes vesicais for grande uma dica é se controlar para não ingerir outros potenciais irritantes nos próximos dias. Além disso, a ingestão de água ajuda a diluir os efeitos dos alimentos irritantes no organismo, lembrando que para algumas pessoas o consumo de água precisa ser controlado, pois o excesso de produção de urina também pode agravar os sintomas miccionais. Deve haver um planejamento em relação a dieta que precisa considerar, inclusive, as facilidades de acesso ao banheiro. Por outro lado, beber pouca água deixa a urina mais concentrada potencializando a ação de irritantes sobre a bexiga. Bebidas alcoólicas podem ter um efeito irritante direto além de um estímulo a produção de urina piorando os sintomas urinário, explica Dr. Flavio.

O importante, então, é se informar com o médico urologista a respeito dos alimentos que podem ser prejudiciais no seu caso, testar e equilibrar a sua ingestão, pois a qualidade de vida compreende equilíbrio entre a satisfação de nossas vontades e a preservação de nossas funções fisiológicas.